As mais vistas

Aegea Saneamento apresenta alta de 11,4% em receita líquida, no comparativo com o mesmo período do ano anterior

Crédito - Aegea SaneamentoCrédito - Aegea Saneamento

O balanço de resultados do 1º trimestre de 2017 demonstra que o número de domicílios atendidos pela empresa com esgotamento sanitário aumentou 25,5%

 

O ano de 2017 começou de maneira positiva para a Aegea Saneamento, holding de saneamento básico com atuação em 48 municípios brasileiros. Os resultados do primeiro trimestre foram apresentados em balanço, que demonstrou variação positiva de 11,4% na receita líquida e de 8% no EBITDA, atingindo R$ 282 milhões e R$ 149,2 milhões, respectivamente.

Dentre os fatores que colaboraram para o crescimento da companhia está o aumento no número de domicílios atendidos com serviços de água, que foi 7,7% maior do que o apresentado no primeiro trimestre de 2016, e a expressiva ampliação de 25,5% nos domicílios atendidos com serviços de esgotamento sanitário.

Entre os dois períodos, é possível observar que o nível de investimento da Aegea aumentou cerca de 15%. Neste âmbito, destaca-se a linha de pesquisa e desenvolvimento da empresa, que teve incremento de R$ 2,6 milhões, decorrente, dentre outras coisas, da participação em novas licitações e de desenvolvimento de projetos.

O dispêndio com energia elétrica aumentou R$ 1,2 milhões, ou 5,1%, no primeiro trimestre de 2017, em comparação com mesmo período de 2016. Desse efeito, 5,3%, ou R$ 1,3 milhão, são referentes às operações entrantes, de novos negócios. Ainda assim, mesmo com a ampliação do escopo de prestação do serviço, houve melhora na eficiência operacional, uma vez que o indicador kWh/m3 apresentou estabilidade, saindo de 0,689 para 0,693 no primeiro trimestre deste ano.

Outro aspecto relevante foi a redução do índice de perdas da companhia em 2,5%, atingindo 36,1% no primeiro trimestre de 2017, contra 38,6% em comparação ao trimestre anterior, número que se torna ainda mais importante se levado em conta a relevante ampliação na oferta de serviços durante o período mencionado.

Essa redução é creditada às medidas tomadas pela empresa no programa de combate a perdas, por meio de ações, como: redução de pressão com ações operacionais em cada unidade, ajustes de set point de controle de sistemas de bombeamento e regulagem de válvulas com Ponto Crítico de Pressão, instalação adicional de instrumentação de sensoriamento de pressão e manutenção de instrumentação e controle danificados.

O balanço de resultados referentes a este primeiro trimestre de 2017 ainda mostrou a redução de 0,7% da taxa de inadimplência de 180 dias, fruto de ações comerciais bem-sucedidas.

 

Sobre a Aegea

A Aegea Saneamento é uma companhia brasileira que gerencia ativos de saneamento por meio de suas concessionárias em diversos estados do País e atua como administradora de concessões públicas. A empresa atende cerca de 5,4 milhões de pessoas em 48 municípios de dez estados brasileiros. Criada em 2010, se tornou a segunda maior empresa do setor, com 23,6% do mercado privado de saneamento básico do Brasil.

Seja o primeiro a comentar em "Aegea Saneamento apresenta alta de 11,4% em receita líquida, no comparativo com o mesmo período do ano anterior"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.

*