As mais vistas

CEO DA AEGEA FALA SOBRE OS DESAFIOS DAS CIDADES INTELIGENTES

Da esquerda para direita: Thomaz D´Addio, Supervisor de Contas da Edelman Significa (mediador do painel); Samuel Lee, Vice-Presidente de Vendas, Marketing e Soluções em água da Itron para Brasil e América Latina; Hamilton Amadeo, Presidente da Aegea Saneamento; e Pedro Vitor Melo Alves, Gerente de Digital e Advertising da GE para a América Latina.Da esquerda para direita: Thomaz D´Addio, Supervisor de Contas da Edelman Significa (mediador do painel); Samuel Lee, Vice-Presidente de Vendas, Marketing e Soluções em água da Itron para Brasil e América Latina; Hamilton Amadeo, Presidente da Aegea Saneamento; e Pedro Vitor Melo Alves, Gerente de Digital e Advertising da GE para a América Latina.

Nesta última quarta-feira, 07/10, Hamilton Amadeo, presidente da Aegea Saneamento, juntamente com Samuel Lee, Vice-Presidente de Vendas, Marketing e Soluções em água da Itron para Brasil e América Latina, e Pedro Vitor Melo Alves, Gerente de Digital e Advertising da GE para a América Latina, foram os convidados do painel de discussão sobre Smart Cities durante a 3ª Edição do Vitrine Edelman Significa, evento realizado anualmente pela agência de relações públicas.

O painel abordou os principais desafios das cidades, especialmente das metrópoles, para evoluir de maneira sustentável. Os convidados falaram sobre a importância da iniciativa privada atuar em parceria e criar soluções para a formação de cidades mais inteligentes e integradas. “As cidades e as pessoas se tornam mais inteligentes conforme trabalham de maneira conjunta, poupando recursos e utilizando a tecnologia para uma gestão eficiente”, disse Amadeo. “A grande barreira que enfrentamos no Brasil é a falta de integração, de utilização dos recursos em parceria”.

A Aegea, que atende cerca de 3,6 milhões de pessoas em 41 municípios de diversos portes, busca constantemente aprimorar seu modelo de gestão para oferecer soluções que respondam adequadamente às necessidades de cada local em que está presente. Na região dos lagos, no Rio de Janeiro, por exemplo, a companhia instalou um equipamento de contagem de veículos nas entradas das cidades para auxiliar na previsão do fornecimento de água. A tecnologia diferencia veículos grandes dos pequenos e faz uma estimativa do número de pessoas que entram e saem da região. Desta forma, a Aegea consegue prever o fornecimento adequado e a melhor forma de operar em cada época do ano, diminuindo o gasto energético.

Outra tecnologia é o Centro de Controle Operacional (CCO), que monitora as redes de água e esgoto, permitindo antever e corrigir eventuais problemas antes que afetem a população. “A Águas Guariroba, nossa concessionária em Campo Grande (MS), é um exemplo de sucesso da aplicação desta tecnologia para gerir com eficiência as operações,” comentou Amadeo.

Para avançar ainda mais, a Aegea firmou parceria com uma empresa israelense, Takadu, para integrar um software ao CCO de Águas Guariroba, o que permitiu que os técnicos passassem a visualizar em tempo real qualquer alteração no comportamento da rede de distribuição de água, indicando no mapa da cidade a área da ocorrência.

Durante o painel, Lee falou como o desenvolvimento de novas tecnologias pode colaborar para cidades mais inteligentes e sustentáveis. Os medidores de água, energia e gás da Itron, por exemplo, geram diversas informações sobre o consumo da população que podem ajudar na melhoria da gestão de recursos.

A GE também está engajada na criação de novas soluções. Alves contou que a empresa está desenvolvendo um software que irá unificar todos os dados gerados por suas tecnologias, assim será possível prever a manutenção antes dos problemas acontecerem. Segundo ele, as cidades inteligentes precisam justamente disto: conectar todos os equipamentos de solução para que possam trazer benefícios para a sociedade.

Sobre a Aegea

A Aegea Saneamento e Participações S.A. é uma companhia brasileira de saneamento básico que atua como administradora de concessões públicas operando em todos os processos do ciclo integral da água: abastecimento, coleta e tratamento de esgoto.

A empresa, que atende cerca de 3,6 milhões de pessoas em 41 municípios de oito estados brasileiros, foi criada em 2010 como holding de saneamento do Grupo Equipav, que acumula mais de 50 anos de experiência na área de infraestrutura e quase dez anos de atuação na área de saneamento.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Aegea

Veja também

Seja o primeiro a comentar em "CEO DA AEGEA FALA SOBRE OS DESAFIOS DAS CIDADES INTELIGENTES"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.

*