As mais vistas

ESTRATÉGIAS DE FATURAMENTO DURANTE A CRISE

15275195

Para quem gerencia um negócio há anos, tempos de economia desaquecida fazem parte da história de sobrevivência da empresa.

A reportagem da Folha ouviu cinco empreendedores experientes sobre as estratégias que adotaram para superar as dificuldades macroeconômicas do país.

Vale quase tudo para continuar faturando: renegociar com fornecedores, mudar o foco do negócio, atender um novo perfil de cliente, manter a equipe treinada e motivada e até realizar investimento pesado para inovar e ampliar o leque de serviços oferecidos.

O que não dá, afirmam todos, é ficar parado esperando a situação melhorar.

*

Empresa de vídeo on-line opta por clientes menores

Especializada em soluções de vídeo on-line, a Samba Tech sempre mirou grandes clientes. Mas, há pouco mais de um ano, começou a apostar em marketing de conteúdo para atrair empresas de pequeno e médio porte.

A ideia era não apenas aumentar o leque de clientes, mas também fechar mais rapidamente os contratos, evitando a burocracia das empresas de grande porte.

“Há clientes menores, como as produtoras, que dependem do vídeo para sobreviver, porque é o centro do negócio. Outras empresas precisam do vídeo para treinamentos a distância, por exemplo. Há um mercado amplo”, afirma o fundador da Samba Tech, Gustavo Caetano, 33.

Segundo ele, o investimento médio do grande cliente supera R$ 200 mil por ano. Esse valor cai para R$ 12 mil entre empresas de menor porte, que representam atualmente 12% do faturamento.

Marina Turner, 25, coordenadora de apoio a empreendedores da Endeavor, diz que expandir a clientela é uma forma de garantir um crescimento natural. “O empreendedor pode usar a estrutura e processos internos já existentes. Dessa forma, a empresa maximiza sua eficiência.”

A Samba Tech trocou ainda fornecedores estrangeiros, por conta da alta do dólar. “Encontramos soluções nacionais similares, o que nos gerou uma economia de cerca de 40%”, conta Caetano. Em 2015, a empresa fundada há 11 anos deve crescer 45%.

Veja mais aqui : http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2015/10/1695018-negocios-nacionalizam-maquinario-europeu-de-fabricacao-de-cerveja.shtml

Veja também

Seja o primeiro a comentar em "ESTRATÉGIAS DE FATURAMENTO DURANTE A CRISE"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.

*