Gestores discutem melhorias para os usuários do Acessuas Trabalho

Brasília – Aperfeiçoar o atendimento, trocar experiências e ampliar a inserção do público da rede socioassistencial ao mundo do trabalho. Esse foi o objetivo do Encontro Nacional do Programa de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas), que reuniu cerca de 130 gestores estaduais e municipais no dia 6 de julho.

O serviço é uma iniciativa da Política Nacional de Assistência Social para promover o acesso dos usuários da rede a oportunidades no mundo do trabalho, por meio de ações articuladas voltadas para a garantia dos direitos e cidadania das pessoas em situação de vulnerabilidade social. Mais de mil municípios no país oferecem o serviço nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras).

Para a secretária nacional de Assistência Social do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Carminha Brant, o encontro orienta sobre a importância do trabalho em conjunto para que os usuários da rede possam se inserir no mundo do trabalho por meio do Acessuas.

Um dos desafios vividos no dia a dia com os usuários do Acessuas da cidade de Goiás (GO) é o fato de o município não ter indústrias, o que diminuiu a oferta de trabalho. Segundo a secretária de Assistência Social do local, Ivone Francisca Marques, o evento possibilita conhecer as estratégias usadas por outras cidades para superar as dificuldades enfrentadas com a população.

“Precisamos despertar no nosso público a vontade de integrar o mundo do trabalho, trazendo capacitação para tirá-los da situação de vulnerabilidade em que vivem. Vim buscar neste encontro com gestores de todo Brasil uma forma de superar essas dificuldades”, revela Ivone.

Os anseios e angústias para melhor atender à população também são compartilhados pela assistente social de Vitória (ES), Raquel Schimid. Mesmo representando uma capital, ela conta que o mais importante do encontro é a troca de experiências com municípios menores que vivem situações semelhantes às de sua cidade. “A questão do imediatismo para o acesso ao mundo do trabalho é uma das que mais nos preocupam. Aqui vejo a importância dessas oficinas para lidarmos com o nosso público e identificarmos as potencialidades de cada um”.

De acordo com a diretora de Proteção Básica do MDS, Renata Ferreira, o grande desafio do Acessuas é conseguir preparar e promover a autonomia dos usuários do Sistema Único de Assistência Social (Suas) para o mundo do trabalho. “O encontro é uma oportunidade para disponibilizar aos municípios e Estados como fazer esta preparação. Os gestores saem mais capacitados para implantar o programa”, declara ela.

Termo de cooperação – Durante o encontro, foi firmada ainda uma parceria entre o MDS e o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) com a assinatura do termo de cooperação. O documento prevê a cessão ao MDS do conteúdo e da metodologia das oficinas de criatividade desenvolvidas pela CIEE, em apoio ao acesso de adolescentes e jovens ao mundo do trabalho. As capacitações são voltadas às pessoas em situação de vulnerabilidade social, encaminhadas às unidades do CIEE pela rede socioassistencial.

O encontro promovido pela Secretaria Nacional de Assistência Social (SNAS), com apoio do Banco Mundial, contou ainda com a presença do secretário nacional de Inclusão Social e Produtiva do MDS, Vinícius Botelho; a representante do Fórum de Gestores Estaduais de Assistência Social (Fonseas), Célia Maria Lima; a representante do Colegiado de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas), Raquel Nunes; e a representante do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS), Jane Souza.

Be the first to comment on "Gestores discutem melhorias para os usuários do Acessuas Trabalho"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*