Warning: session_start() [function.session-start]: Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/storage/4/5f/ef/site1364998821/public_html/wp-config.php:1) in /home/storage/4/5f/ef/site1364998821/public_html/wp-content/plugins/wcp-contact-form/agp-core/classes/persistence/session/Agp_SessionAbstract.class.php on line 10

Warning: session_start() [function.session-start]: Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /home/storage/4/5f/ef/site1364998821/public_html/wp-config.php:1) in /home/storage/4/5f/ef/site1364998821/public_html/wp-content/plugins/wcp-contact-form/agp-core/classes/persistence/session/Agp_SessionAbstract.class.php on line 10
Inflação para os brasileiros

Inflação para os brasileiros

Inflação para consumidores com renda até 2,5 salários mínimos registra alta            

Rio de Janeiro – O Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1), que mede a variação de preços da cesta de produtos para consumidores com renda até 2,5 salários mínimos, registrou inflação de 0,16% em setembro. A taxa é superior à observada em agosto, que havia sido 0,06%.

Apesar da alta, o IPC-C1 variou abaixo da média do Índice de Preços ao Consumidor (IPC-BR), que mede a inflação para todas as faixas de renda e que fechou setembro em 0,3%. O IPC-C1 acumula taxas de 2,69% no ano e 4,82% nos últimos 12 meses.

Em setembro, três das oito classes de despesa apresentaram aumento da inflação: habitação (ao passar de 0,23% em agosto para 0,53% em setembro), vestuário (de 0,42% para 0,90%) e saúde e cuidados pessoais (de 0,19% para 0,33%). O grupo de despesas alimentação apresentou aumento da taxa, mas continuou registrando deflação (queda de preços), ao passar de -0,22% para -0,16%.

Por outro lado, quatro classes de despesa tiveram queda na taxa entre agosto e setembro: educação, leitura e recreação (de 0,67% para 0,14%), transportes (de -0,17% para -0,27%), despesas diversas (de 0,14% para 0,05%) e comunicação (de 0,11% para 0,07%).

 

Fonte: Agência Brasil

Veja também

Be the first to comment on "Inflação para os brasileiros"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*