Mais recursos para UBS que ampliar horário de funcionamento

As Unidades Básicas de Saúde (UBS) poderão ampliar seu horário de atendimento de 40 horas para 65 ou 70 horas semanais, beneficiando principalmente os trabalhadores que, muitas vezes, iniciam a sua jornada antes e depois do horário de funcionamento das unidades.

Assim, a medida prevê que a população tenha acesso aos serviços básicos, como consultas médicas e odontológicas, coleta de exames laboratoriais, testes de rastreamento para Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), aplicação de vacinas, entre outros procedimentos, durante os três turnos. A novidade foi anunciada pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, durante a Marcha dos Prefeitos, em Brasília.

É importante ressaltar que a adesão à medida fica a critério dos gestores de cada município. Quem optar por cumpri-la, receberá cerca de R$ 44,2 mil, caso a escolha seja pela carga horário de 60 horas semanais – um incremento de 106,7% ao incentivo de custeio recebido pela unidade. Já as unidades que decidirem seguir as 75 horas, receberão R$ 109,3 mil – um aumento de 121% no custeio mensal. Atualmente, a maior parte das UBS funciona 40 horas semanais.

A estimativa é que mais de 2 mil UBS já estejam aptas para aderir ao horário estendido. Atualmente, 336 unidades, que já expandiram o horário por decisão dos gestores locais, poderão receber mais recursos federais por aderiram à estratégia. Essa medida é importante para ampliação do atendimento na Atenção Primária, onde cerca de 80% dos problemas de saúde da população podem ser solucionados.

Be the first to comment on "Mais recursos para UBS que ampliar horário de funcionamento"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*