As mais vistas

O olhar da Criança sobre a Escola

DivulgaçãoDivulgação

 

Como educadores, sempre nos questionamos qual é a melhor forma que devemos conduzir a aprendizagem, os planos de aula, de que forma interagir com os pais etc.

Mas, muitas vezes, não questionamos qual é o olhar que nossos alunos têm sobre a escola. Sequer perguntamos quais são os seus sentimentos, suas expectativas, anseios, medos ao adentrarem ao colégio.

As crianças – em sua grande maioria – vêm a escola de forma colorida, com expectativas, pois reencontram com seus amigos, são acolhidos e respeitados. Sabem que terão horário para todo tipo de tarefa, que a inspetora ficará brava se fizer algo que não pode, que a diretora estará feliz, entre outras.

Os alunos conhecem os profissionais da escola só de olhar para eles, sabem se estão de bom humor, se estão irritados porque sujaram espaços onde já foram limpos. Sabem se terá merenda gostosa, que no intervalo haverá bola para jogar com os amigos.

Na sala de aula, sentar ao lado do amigo querido, trocar olhares, sorrir, cansar de tanto escrever, ficar preocupado quando a professora chama a atenção, ou não ligar para uma crítica.

Mas, no fundo, basta falar que irá chamar os pais para o coração bater mais acelerado, a ansiedade crescer e a diretora aparecer na porta da sala de aula.

Ser criança na escola é interpretar a aula de educação física como libertação, sair correndo, jogar queimada, se pendurar na árvore. É apreciar a aula de leitura para imaginar como o príncipe encantado que salva sua princesa na torre encantada.

Já fomos crianças, sabemos das sensações de uma unidade escolar; e, como educadores, pais e membros da comunidade, devemos sempre nos perguntar: Será que esta sensação gostosa prevalece para estes alunos? Será que toda a busca contínua de oferecer o melhor ensino aprendizagem está, também, contribuindo para o afeto, a parceria, o olhar professor x alunos?

Muitos de nossos alunos desejam ser aceitos, valorizados, amados e fazer parte da vida escolar como sujeito ativo, participativos e que podem semear grandes sementes futuras.

 

Foto 01

Palmira Tolotti Piai – Escritora, Professora, Palestrante em Congressos Nacionais e Internacionais, Consultora Educacional, Parceira da Undime SP e RJ, Analista de Políticas Públicas Educacionais.

Seja o primeiro a comentar em "O olhar da Criança sobre a Escola"

Deixe seu comentário

Seu email não será publicado.

*