Warning: session_start() [function.session-start]: Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/storage/4/5f/ef/site1364998821/public_html/wp-config.php:1) in /home/storage/4/5f/ef/site1364998821/public_html/wp-content/plugins/wcp-contact-form/agp-core/classes/persistence/session/Agp_SessionAbstract.class.php on line 10

Warning: session_start() [function.session-start]: Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /home/storage/4/5f/ef/site1364998821/public_html/wp-config.php:1) in /home/storage/4/5f/ef/site1364998821/public_html/wp-content/plugins/wcp-contact-form/agp-core/classes/persistence/session/Agp_SessionAbstract.class.php on line 10
OUTUBRO ROSA :17 MIL SEM ATENDIMENTO

OUTUBRO ROSA :17 MIL SEM ATENDIMENTO

Fonte: divulgação
Usuários dos serviços municipais de saúde de Montalvânia, município de 17 mil habitantes, na região Norte de Minas, ficarão cinco dias sem atendimento. De hoje, 29, até segunda-feira, 2, todas as unidades de saúde do município estarão fechadas.
De acordo com o presidente da Câmara Municipal de Manga, vereador Gildenes Justiniano Silva, muitos usuários que buscaram atendimento hoje já encontraram as unidades de saúde fechadas. “Não avisaram ninguém. Teve pessoas que viajaram da zona rural até a cidade para consulta, exame e apanhar remédios e vão voltar sem atendimento”, ele disse.
Sem qualquer aviso prévio à população, as unidades e até mesmo a Secretaria Municipal de Saúde ficarão fechadas durante os próximos cinco dias. O atendimento só será retomado na terça-feira, dia 3. Apenas quem se fez acompanhar de vereadores da situação conseguiu atendimento. Uma criança acidentada, com dente quebrado, que viajou cerca de 40 quilômetros, da localidade de Canabrava até a cidade, não teve a mesma sorte. Ficou sem atendimento.
Também ficaram sem atendimento os pacientes que procuraram as unidades de saúde para receber a cota mensal de medicamentos de uso contínuo, como remédios para hipertensão e diabetes.
A Câmara Municipal de Manga se transformou na caixa de ressonância do problema. Muitos usuários que ficaram sem atendimento procuraram a Câmara para denunciar o fato e pedir providências.
Os usuários dos serviços municipais de saúde foram informados de que o fechamento da Secretaria e das unidades de saúde foi por causa do Outubro Rosa, movimento de luta contra o câncer de mama.
O vereador José Afonso Filogônio Ferreira (PP) criticou o fechamento das unidades de Saúde.
“É um contrassenso fechar as unidades de saúde por esse motivo. Se a campanha Outubro Rosa visa exatamente conscientizar a população sobre o câncer de mama, aí é que as unidades deveriam estar abertas mesmo, divulgando e disponibilizando materiais informativos, tanto para profissionais de saúde quanto para a população”, enfatizou.
Ninguém atendeu às ligações nos telefones 3614-1228 e 3614-1449, da Secretaria de Saúde, para falar sobre o assunto. Na sede da Prefeitura, pela manhã, a atendente informou que não havia ninguém que pudesse dar informações sobre o assunto.
Ninguém retornou as ligações, em nome da Prefeitura, para falar sobre o assunto, até o meio dia.
Ainda hoje, usuários e vereadores iriam ao Ministério Público em Montalvânia denunciar a falta de atendimento.
História do Outubro Rosa
O movimento conhecido como Outubro Rosa nasceu nos Estados Unidos, na década de 1990, para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. A data é celebrada anualmente com o objetivo de compartilhar informações sobre o câncer de mama e promover a conscientização sobre a importância da detecção precoce da doença.
Campanha Outubro Rosa 2015
Em 2015, a campanha do Outubro Rosa tem como objetivo fortalecer as recomendações para o diagnóstico precoce e rastreamento de câncer de mama indicadas pelo Ministério da Saúde, desmistificando crenças em relação à doença e às formas de redução de risco e de detecção precoce.
O objetivo neste ano é ampliar a compreensão sobre os desafios no controle do câncer de mama. Esse controle não depende apenas da realização da mamografia, mas também do acesso ao diagnóstico e ao tratamento com qualidade e no tempo oportuno. A campanha ressalta a necessidade de se realizar ações ao longo de todo o ano e não apenas no mês de outubro.
Os eixos da campanha em 2015 são:
– Divulgar informações gerais sobre câncer de mama.
– Promover o conhecimento e estimular a postura de atenção das mulheres em relação às suas mamas e à necessidade de investigação oportuna das alterações suspeitas (Estratégia de Conscientização).
– Informar sobre as recomendações nacionais para o rastreamento e os benefícios e os riscos da mamografia de rotina, possibilitando que a mulher tenha mais segurança para decidir sobre a realização do exame

Fábio Henrique Carvalho Oliva

Veja também

Be the first to comment on "OUTUBRO ROSA :17 MIL SEM ATENDIMENTO"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*