Um janelão partidário para março de 2020

Esta é a manchete de nota da “Coluna do Estadão” (O Estado de São Paulo, 20/10/2019).

De acordo com a nota, partidos estariam articulando a formação desse “janelão”, que permitiria a mudança de legenda por deputados em março do próximo ano.

A legislação permite apenas a mudança, no período, por parte de vereadores, que estarão no último de ano de mandato.

Veja o que informa O Estadão:

Com o objetivo de acabar de vez com a janela partidária, o deputado Paulinho da Força, presidente do Solidariedade, articula um “janelão” para ser aberto no começo de 2020, a título de freio de arrumação. Se passar, a brecha pode ser usada até pelos dissidentes do PSL, caso tenham força, foco e fé de aguardar até lá. Rodrigo Maia não se opôs à ideia – foi o presidente da Câmara, inclusive, quem sugeriu o mês de março para a abertura da janela. Desse ponto pra frente, as saídas teriam de ser negociadas diretamente com os presidentes dos partidos.

Calma lá. Não há consenso entre os dirigentes do Centrão. Alguns temem que o janelão promova uma debandada de recursos do fundo eleitoral. Os que apoiam, no entanto, veem a medida como necessária para fortalecer os partidos.

prefeitosegovernantes

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.