Saúde e desenvolvimento lideram nas emendas de deputados ao Orçamento

Áreas de saúde e desenvolvimento
lideram nas emendas de deputados

Ao todo, os deputados apresentaram 7.769 emendas ao projeto de lei orçamentária, somando R$ 8,17 bilhões. Cada parlamentar pode apresentar até 25 emendas, com valor total de R$ 15,9 milhões. Obrigatoriamente, metade deve ser destinada para ações e serviços públicos de saúde.

Veja quanto foi destinado aos ministérios

O Ministério da Saúde recebeu R$ 4,78 bilhões em emendas de deputados, mais do que o exigido. Depois dele, os órgãos com mais recursos foram o Ministério do Desenvolvimento Regional (R$ 1 bilhão em emendas); da Cidadania (R$ 679 milhões); e da Educação (R$ 615 milhões). Não foram apresentadas emendas individuais para o Ministério de Relações Exteriores.

Veja quanto foi destinado aos programas

Apenas 56 dos 66 programas orçamentários que oferecem bens e serviços à população receberam emendas de parlamentares. Mas 13 programas receberam mais de R$ 100 milhões em emendas individuais de deputados. Juntos, esses 13 programas somam R$ 7,674 bilhões em emendas, ou quase 94% do valor total.

Quanto cada ministério recebeu de cada partido

  • SAÚDE

  • DESENVOLVIMENTO REGIONAL

  • CIDADANIA

  • EDUCAÇÃO

  • AGRICULTURA, PECUÁRIA, ABASTECIMENTO

  • JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA

  • DEFESA

  • TURISMO

  • MULHER, FAMÍLIA E DIREITOS HUMANOS

  • CIÊNCIA,TECNOLOGIA E COMUNICAÇÕES

  • ECONOMIA

  • INFRAESTRUTURA

  • MEIO AMBIENTE

  • MINAS E ENERGIA

prefeitosegovernantes

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.