Novo partido de Bolsonaro deve se chamar Aliança pelo Brasil

O presidente Jair Bolsonaro discute a saída do PSL e a criação de um partido novo. De acordo com que apurou o portal R7, a legenda deve se chamar Aliança pelo Brasil.

O reconhecimento de assinaturas digitais é o único entrave à criação da sigla. Se o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) reconhecer as assinaturas, o partido, que vai abrigar Bolsonaro e os filhos, vai precisar recolher as assinaturas necessárias para ser criado até março de 2020, o que o permite que dispute as eleições municipais do ano que vem.

Uma reunião nesta terça-feira, às 16h, no Palácio do Planalto, deve selar o destino partidário do presidente Jair Bolsonaro. Ele pode, portanto, anunciar a saída do PSL já amanhã, a depender da reunião. Devem participar do encontro deputados eleitos pelo partido, exceto os rompidos com o presidente, como Joice Hasselmann (SP) e o presidente da legenda, Luciano Bivar (PE).

prefeitosegovernantes

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.