Comissão aprova aumento do fundo eleitoral, que chega a R$ 3,8 bi

A Comissão Mista de Orçamento aprovou nesta quarta-feira (4) o relatório do deputado Domingos Neto (PSD-CE) que eleva para R$ 3,8 bilhões o valor do fundo público eleitoralresponsável por cobrir os gastos das candidaturas nas eleições municipais. O governo previa R$ 2 bilhões.

O aumento sugerido pelo relator foi um pedido de 13 partidos (PT, PSDB, MDB, PSL, PSD, Solidariedade, DEM, Republicanos, PSB, PDT, PTB, PP e PL). De acordo com ele, deputados e senadores dessas legendas se comprometeram a apoiar dobrar o valor sugerido pelo governo.

Senadores e deputados federais negaram no dia 27 veto do presidente Jair Bolsonaro e permitiram a volta da possibilidade de aumentar o fundo eleitoral.

Senadores e deputados federais negaram no dia 27 veto do presidente Jair Bolsonaro e permitiram a volta da possibilidade de aumentar o fundo eleitoral.

Nas últimas semanas, os presidentes dos 13  partidos se reuniram mais de uma vez na casa do presidente do PSD, Gilberto Kassab, para afinar estratégia com as bancadas na Câmara e no Senado para aumentar o financiamento eleitoral.

Veja abaixo, o documento no qual representantes das 13 legendas pedem o aumento dos recursos para as eleições municipais de 2020.

WhatsApp-Image-2019-12-04-at-11.14.40

Fonte: Congresso em Foco

prefeitosegovernantes

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.