Secretário de Paulo Guedes deixa o governo

O secretário de Avaliação, Planejamento, Energia e Loteria, Alexandre Manoel, pediu desligamento do Ministério da Economia nesta quinta-feira, 27/02. Ele era responsável pela área que faz avaliação dos programas de governo e da eficácia econômica dos benefícios tributários.

Uma das principais funções da Secretaria é propor o corte dessas renúncias tributárias, que consomem espaço no Orçamento brasileiro.

A saída de Alexandre Manoel poderá provocar uma reestruturação na secretaria, que além das áreas de energia e loterias, acompanha a eficiência de políticas públicas, como os subsídios da União.

O ministro Paulo Guedes também pediu ao secretário-executivo da pasta, Marcelo Guaranys, que coordene uma proposta de reorganização do Ministério da Economia, para eliminar sobreposições nas atribuições da secretarias especiais que ocorreram pela junção dos antigos ministérios da Fazenda, Planejamento, Desenvolvimento e Comércio e Previdência.

Guedes também quer dar mais agilidade à execução das políticas do ministério. As mudanças podem abarcar o recém chegado Programa de Parcerias de Investimentos, que acabou de ser transferido da Casa Civil para a Economia, onde manteve o status de secretaria especial. Até abril é prevista a publicação de um decreto reestruturando a pasta.
Da Revista Prefeitos e Governantes

prefeitosegovernantes

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.