Câmara ainda não bateu martelo sobre auxílio a Estados e municípios

Aprovado ontem pelo Senado, o projeto de auxílio emergencial do governo para Estados e municípios ainda está sendo discutido pelos líderes partidários da Câmara.

A proposta ainda precisa ser votada pelos deputados para ser adotada, mas os parlamentares ainda estão analisando o conteúdo do texto aprovado pelos senadores. Pela votação do Senado, Estados ficarão com 60% de R$ 50 bilhões liberados pelo governo no socorro. Prefeituras dividirão 40%. Outros R$ 10 bilhões também serão repassados pelo governo mas têm seu gasto obrigatoriamente vinculado à despesas na Saúde.

prefeitosegovernantes

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.