Artigo: Instalações de postes de energia

A cidade de São Paulo cresceu muito ao longo dos anos, com mais edificações, mais bairros se formando e mais pessoas circulando diariamente.

No entanto, a instalação de postes de energia permanece a mesma ao longo do tempo e não respeitando as mudanças estruturais de uma grande metrópole. O resultado disso: muitos postes ficam obstruindo a garagem de passagem de pessoas com deficiência; outros ficam em meio ao passeio público; e outros ainda contam com os fios invadindo as residências.

Ao solicitar a troca de local do poste, por motivos de segurança, o morador de São Paulo se depara com um custo abusivo que chega a R$ 15 mil. Se analisarmos uma pessoa idosa, com mobilidade reduzida e que ganha um salário-mínimo, fica impossível de realizar esse deslocamento e o munícipe terá de conviver com o poste por anos a fio.

Por este motivo, é imprescindível que a gente aprove leis que isentem as pessoas de pagarem pela reestruturação física dos postes. A ENEL já é detentora dos serviços de energia elétrica na cidade de São Paulo e, dessa forma, já tem dentro de seus custos, as possíveis mudanças de local dos postes.

Não podemos mais aceitar que os preços abusivos se sobreponham aos direitos do cidadão paulistano. Precisamos buscar a solução para essa questão e fazer valer os valores já pagos pelos consumidores mensalmente.

VEREADOR RICARDO TEIXEIRA (DEM)

LinkedIn
Share
Instagram
WhatsApp