Obras financiadas pelo Desenvolve SP já beneficiaram mais de 1 milhão de pessoas

Créditos liberados nos últimos 5 anos pela Desenvolve SP para obras municipais no setor de saneamento básico melhoraram a qualidade de vida de mais de 1 milhão de moradores de 16 cidades paulistas.

Nesse período, por meio da Linha Economia Verde Municípios, a agência de fomento ligada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico liberou mais de R$ 111 milhões em verba para ajudar as prefeituras a construírem estações de tratamento de água e esgoto e implementarem outras benfeitorias.

Entre 2019 e 2023, o total em crédito liberado para essas ações dos gestores públicos cresceu 235%. De 2022 para 2023, o valor total entregue às prefeituras somente para projetos de tratamento e captação de água cresceu 21%.

Fim da falta d’água

O cabeleireiro e dono de salão de beleza José Maria mora no bairro do Grajaú, em Jaboticabal, cidade de quase 72 mil habitantes. O empreendedor sofria com o desabastecimento. A água não faltava apenas para se tomar banho.

Muitas vezes, José Maria precisava estocar baldes para poder lavar a cabeça dos clientes e garantir o sustento da família. “Graças a Deus não falta mais água nas torneiras, posso trabalhar tranquilamente”, afirma o cabelereiro.

Moradores de algumas regiões de Jaboticabal dependiam, por exemplo, de caminhões-pipa e bicas. O cenário mudou com a construção de um novo poço na Estação de Tratamento de Água (ETA).

A capacidade de abastecimento cresceu 22%. A obra – que contou com o financiamento de R$ 11 milhões da agência paulista – acrescentou à rede de distribuição mais de 162 milhões de litros por mês.

Outras estações

Fim do mau cheiro – Com 60% dos custos financiados pela Desenvolve SP, em 2023 foi entregue por completo a primeira ETE de Pitangueiras, na região de Barretos. A histórica obra beneficia mais de 33 mil pessoas e, hoje, todo o esgoto da cidade é tratado. O cenário é outro: de um lado, cursos d’água que não recebem mais os dejetos e, do outro, moradores que não sentem mais o mau cheiro do córrego das Pitangueiras, que corta a cidade e deságua no Rio Mogi Guaçu.

Revitalização do Ribeirão Tijuco Preto – A Estação de Tratamento de Esgoto de Rio das Pedras, na região de Campinas, contou com R$ 5 milhões em créditos da Desenvolve SP.  A maior obra municipal da história da cidade beneficia mais de 31 mil pessoas e vai atender a demanda do saneamento local pelo menos até 2040, além de revitalizar as águas do Ribeirão Tijuco Preto.

15 anos de crescimento sustentável

O crescimento sustentável local e regional das cidades paulistas é um dos objetivos da atuação da Desenvolve SP. A agência completou 15 anos de existência e oferece crédito a condições competitivas a prefeituras e empreendedores, ajudando a desenvolver o estado e a gerar empregos e renda.

“Os municípios têm um papel muito importante na preservação de córregos, rios e mananciais e, muitas vezes, precisam de auxílio financeiro para implementar projetos que contribuem para isso. Democratizar o crédito é essencial para que as cidades cresçam e a qualidade de vida das pessoas aumente”, afirma Gustavo Melo  Santos, diretor de Negócios e Fomento da Desenvolve SP.

Oferta de Água

O Dia Mundial da Água é comemorado em 22 de março e foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1992. Passados mais de 30 anos, o risco de ficarmos sem esse bem essencial para a vida não para de crescer.

A oferta de água em regiões hidrográficas do Norte, Nordeste, Centro-Oeste e parte do Sudeste pode cair mais de 40% até 2040. Os dados fazem parte de um estudo publicado em janeiro deste ano pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA).

Fonte: Portal do Governo de SP

Início