Terremoto de magnitude 4,8 atinge região de Nova York

Um terremoto atingiu a região de Nova York, nos Estados Unidos. O tremor atingiu magnitude de 4,8 e também foi sentido na cidade de Nova Jersey.

De acordo com as primeiras informações do Serviço Geológico do país, tremores foram sentidos em todo o nordeste dos EUA, mexendo com prédios da Filadélfia a Nova Jersey, assim como de Connecticut a Westchester.

O epicentro foi na estação Whitehouse, em Nova Jersey. Até agora, não há relatos de feridos ou mortos.

De qualquer forma, os aeroportos John F. Kennedy, em Nova York; Newark Liberty, em Nova Jersey; e o Thurgood Marshall, em Baltimore; foram fechados para inspeção.

Nas redes sociais, o gabinete do prefeito de Nova York escreveu que até agora não houve relatos de danos na cidade.

A governadora de Nova York, Kathy Hochul, publicou no X (antigo Twitter) que o terremoto foi sentido em todo o estado. “Minha equipe está avaliando os impactos e quaisquer danos que possam ter ocorrido e atualizaremos o público ao longo do dia”, escreveu.

Diversos relatos foram postados em jornais e redes sociais. O The New York Times, por exemplo, traz a fala de Maria Pareja, de 44 anos, que trabalha há sete anos em uma lavanderia no Bronx.

“Tudo começou a chacoalhar e eu disse: ‘O que é isso?’”, contou. Maria Pareja já passou por outros terremotos, mas nada parecido com o que aconteceu nesta quinta. “Balançou de verdade. Aconteceu muito rápido, mas também muito forte”, completou.

Último terremoto na costa leste

O último tremor tão forte assim aconteceu em 23 de agosto de 2011. Ele foi sentido da Geórgia, nos Estados Unidos, até o sudeste do Canadá.

Aquele terremoto atingiu magnitude de 5,8, com epicentro na Virgínia, e foi o mais forte na costa leste desde a 2ª Guerra Mundial.

Os tremores chegaram a deixar rachadura no Monumento a Washington e ainda fez com que a Casa Branca e o Capitólio fossem evacuados.

Fonte: Metrópoles

Início