Nova licitação para obra Centro de Inovação e Tecnologia de Brusque deve acontecer em 2022

A nova licitação para a conclusão da obra do Centro de Inovação e Tecnologia (CIT) em Brusque deve ocorrer no primeiro semestre de 2022. É o que prevê Günther Lother Pertschy, integrante do comitê de implantação.

Ele explica que o contrato entre o governo do estado e a empresa Esphera Sul, responsável pela obra, foi rescindido. No entanto, o término do processo de contrato determina que seja realizada uma perícia final na construção para identificar os valores que devem ser pagos à construtora.

“Por mais que seja otimista, estamos em outubro e só temos mais dois meses neste ano. O que pode acontecer neste ano é, no máximo, a perícia para concluir esse processo”, diz.

Só após a finalização desse processo é que o governo do estado pode lançar uma nova licitação, conforme explica Günther. “Pelo menos já estamos em situação de encerrar a história com a construtora e buscar uma nova para concluir o que falta”, pontua.

A data da nova licitação e, consequentemente, início das obras não foi divulgada, pois, tudo depende da perícia. “Não dá para precisar, não sabemos qual a morosidade para concluir o processo e dar início ao novo”.

Segundo ele, o ministro da Ciência e Tecnologia Marcos Pontes prorrogou o prazo de conclusão da obra. Este CIT difere dos demais, pois é contemplado com valores da União e do governo do estado.

Atuação
Ele salienta que independentemente disso, o comitê continua desempenhando o trabalho com participações de editais e encontros estaduais. “Independente do prédio estar pronto, estamos atuando”.

Günther explica que o Governo de Santa Catarina está acompanhando a obra e o processo, sendo um projeto do estado. “Brusque é, de certa forma, acompanhada. Isso é um alento para nós”, pontua.

Ele também diz que há agora segurança feita por policiais militares 24 horas. A medida é vista com bons olhos pelo comitê, pois a estrutura não será mais degradada e não haverá problemas com a segurança do local. Segundo ele, isso foi proporcionado pelo governo do estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE).

Da Redação

Prefeitos & Governantes

The following two tabs change content below.

Redação

LinkedIn
Share
Instagram
WhatsApp